Onde tratar de Câncer, Leucemia ou Linfoma?

E quando temos o diagnóstico na mão? Seja nosso, de um amigo ou ente querido, desperta sempre muita tensão, desespero e aflição. É necessário ter muito cuidado, pois há muitos oportunistas, praticantes de fraudes contra operadoras de saúde ou sem ser portadores de títulos de especialista ou o que é mais grave ainda, não tem amor ao ser humano, visando, exclusivamente o aspecto comercial da profissão de médico.
Em primeiro lugar, busque uma clínica isenta de má fama e com especialistas portadores da titulação acima e, se for o caso, procure nos seus portais respectivos se o médico está na relação dos que tem título, quais sejam:

o Hematologista Clínico – www.sbhh.com.br
o Oncologista Clínico – www.sboc.org.br

Um grave problema que ocorre em nosso meio é o cirurgião que operou um paciente dizer para o mesmo e para a família que o paciente está curado e que nada mais há a fazer. Outra ocorrência incomum é o cirurgião “prescrever e aplicar” a quimioterapia complementar em seu consultório o que é dramático, pois além de oncologia clínica ser uma especialidade, o cirurgião não tem treinamento para prescrever tais medicamentos assim como nós, oncologistas clínicos, não sabemos operar e não operamos ninguém.
Finalmente, um médico Radioterapeuta que planeja a radioterapia, tem o aparelho Acelerador Linear e Bomba de Cobalto, não deve prescrever a quimioterapia, pois seguramente não vai saber fazê-lo, pois não há condições para tal e deveria ser proibido, pelos riscos que há de o paciente perder a chance de cura. Há muitas clínicas de tratamento de Câncer, contudo não deixe de buscar uma segunda opinião, pois você pode estar sendo mal orientado.
Recordo-me de uma paciente com Ca. de Mama Receptor Estrogênica Positiva, que pediu no Hospital da Lagoa, Arimidex para tomar e o seu médico disse-lhe que Arimidex causaria “Leucemia”, para que ela não o molestasse mais, e por covardia e preguiça, apenas receitou Tamoxifeno que lhe provocará, sim Ca. de Endométrio se a mesma o tomar continuamente por 10 anos.