O Câncer tem Cura! Parte 2

No caso de Câncer de estômago, as pessoas têm que valorizar as queixas vagas de má digestão, dor no estômago e procurar seu médico e saber, que o exame mais indicado para seu diagnóstico precoce é a endoscopia digestiva alta e se for Câncer, em fase inicial, a gastrectomia, que é a retirada do estômago, seguida por quimioterapia e radioterapia, terá o objetivo curativo, às vezes, pode ser até quimioterapia, antes da cirurgia.
Outro Câncer comum é o pulmão, praticamente causado pelo cigarro e a melhor maneira de prevenir é não fumar ou nos fumantes, tratamento com medicamentos para parar definitivamente de fumar e em seguida usar outro medicamento, por período indeterminado, para proteger as mucosas, principalmente, do pulmão, laringe e bexiga.
No homem, após os 60 anos de idade é razoável o diagnóstico precoce do Câncer de Próstata através de toque retal e dosagem de PSA, anual; o tratamento atual, quando o diagnóstico é precoce, é a radioterapia exclusiva ou a prostatectomia radical, seguido de Bloqueio Androgênico total.
Nos países de Primeiro Mundo, após a radioterapia ou após a cirurgia, este bloqueio androgênico é feito com injeção intramuscular mensal ou a cada três meses, por toda a vida, assim evitando a recaída do câncer ou progressão para doença metastática.
É muito difícil o diagnóstico precoce do Câncer de cólon e reto, se a população, em geral, realizasse, após 35 ou 40 anos de idade, anualmente ou a cada 2 ou 3 anos, colonoscopia, mesmo sem sintomas, como sangramento, prisão de ventre e / ou diarréia.